Alexandre Garcia: “Greenpeace podia ajudar a limpar óleo das praias. Prefere fazer vandalismo”


Que vergonha!

Na quarta-feira (23) houve uma tristeza, o Greenpeace negou sua própria origem porque sujou em vez de limpar. Ao invés de estar no Nordeste ao lado de voluntários para tirar o petróleo que está nas praias, sujou a frente do Palácio do Planalto e interrompeu o trânsito.

Eles jogaram tanto lixo no chão que depois que foram embora os lixeiros levaram quatro horas para retirar seis toneladas de lixo. O pessoal da limpeza do Palácio do Planalto ficou limpando manchas de óleo na rampa de mármore.

Uma pena que eles tenham feito isso. Foram 17 detidos, mas não ficaram presos. Eles assinaram um compromisso de voltar a Justiça para responder por crime contra a ordem urbana e despejo de lixo em área pública.