Ativistas jogam tinta preta na entrada do Palácio do Planalto


A esquerda está desesperada. Vandalismo disfarçado de manifesto.

Ativistas ambientais do Greenpeace jogaram tinta preta na entrada do Palácio do Planalto, em Brasília, na manhã desta quarta-feira (23). O ato simula as manchas de óleo que, desde setembro, atingem o litoral nordestino.

Segundo a Polícia Militar, 30 manifestantes foram detidos. Já a Polícia Civil afirma que foram 20 autuados.