Bolsonaro descobre que Huck abocanhou 20 MILHÕES DO MEC. Comprou até jatinho


É o que diz o próprio site do governo brasileiro. E vocês podem conferir conosco nessa reportagem exclusiva. Este é o nosso momento de “copiar” o belo trabalho que o perfil Isentões faz no Twitter, onde ele demonstra diversos recursos públicos que são repassados para empresas. ( as informações são do site Politz) Chegou ao nosso conhecimento que a empresa do Luciano Huck captou mais de R$ 19 milhões pelo MEC. O Instituto Criar, no qual Luciano Huck é proprietário, obteve pela Lei Rouanet, pelo menos R$ 19,5 milhões em doações convertidas em abatimentos por impostos de grandes empresas, como o Banco Itaú, Microsoft, Casas Bahia, Ponto Frio e várias outras. Não estamos acusando a empresa de Luciano Huck de cometer qualquer ilegalidade. Nosso trabalho é apenas demonstrar informações publicamente disponibilizadas e vocês podem conferir diretamente no site do governo. A imagem que consta no site do governo está aqui: Como vocês podem notar, consta que o Instituto Criar de Tv e Cinema é de propriedade do Luciano Huck, situando-se no município de São Paulo (SP), com o CNPJ: 05.600.020/0001-17. O total captado é de R$ 20.957.000,00 (vinte milhões, novecentos e cinquenta e sete mil reais). A página do governo descreve perfeitamente os valores, incluindo o valor da proposta e o valor captado a cada ano onde os projetos foram apresentados. Já o tal jatinho particular, foi comprado também com dinheiro do BNDES, segundo a reportagem que consta na lista de Fontes Primárias das Informações. Fizemos uma pesquisa, utilizando os próprios serviços públicos oferecidos pelo próprio governo. Vocês podem conferir a autenticidade dessas informações através dos links que fornecemos. Novamente, não estamos acusando ou denunciando nenhuma ilegalidade. Mas é importante demonstrar como o dinheiro público arrecadado pelos nossos contribuintes é gasto pelo governo. Compartilhe isso: