Jair Bolsonaro avisa que idosos pobres e deficientes poderão ficar sem dinheiro este mês


Jair Bolsonaro avisou que o governo não terá recursos para pagar a idosos e também pessoas com deficiência neste mês de junho, caso o Congresso não aproe o PLN 4. O comunicado alarmante foi feito na noite deste último sábado através das redes sociais.

O presidente usou seu perfil no Twitter para avisar também que nos próximos meses não tem como quitar as demais obrigações, entre elas o pagamento de aposentadorias, Pronaf, do Bolsa Família, entre outros, pois depende da aprovação do PLN 4.

Em seguida, Bolsonaro postou um comentário dizendo que tem total confiança de que o Congresso irá optar pela aprovação da matéria: “Acredito na costumeira responsabilidade e patriotismo dos deputados e senadores na aprovação urgente da matéria“.

Na manhã deste domingo (09), a hashtag #CongressoAprovePLN4 se tornou o assunto mais comentado no Twitter. “O Governo atual luta para reconstruir um País devastado pela esquerda, a comando do presidiário Lula e sua quadrilha. Agora, cai nas mãos do Congresso a aprovação de um Crédito Suplementar para arcar com despesas essenciais, sem o qual o povo sofrerá“, comentou um internauta.

Paulo Guedes

@pauloguedesmito

Simbora deixar essa tag em primeiro! #CongressoAprovePLN4

Bolsonaro alega que o governo precisa dos recursos liberados para evitar problemas, como a contratação de dívidas para pagar gastos com salários e benefícios, o que não é permitido. O senador Marcelo Castro explicou que nas próximas semanas, não haverá mais como pagar os idosos de baixa renda e nem os deficientes.

O senador alega que agora está nas mãos dos parlamentares não deixar os idosos pobres sem dinheiro e que mais à frente faltará recurso até para o Bolsa Família.