Joice é acusada de usar Dinheiro público para financiar ataques aos filhos de Bolsonaro


A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) está sendo acusada de munir uma guerra digital contra os filhos do presidente Jair Bolsonaro.

Segundo o jornalista Fábio Zanini, da Folha de S. Paulo, Joice utilizou recurso público de sua cota parlamentar na Câmara para pagar uma empresa que gerencia suas redes sociais.

A matéria diz que empresa carioca EG Consult recebe R$ 2.500 mensais da verba pública para, entre outras tarefas, administrar um grupo de WhatsApp em que a deputada se defende de acusações de traição e outras críticas.

O trabalho, no entanto, não estaria sendo informado nas notas fiscais da EG Consult, segundo a reportagem.

As notas citam “geração de materiais de ordem gráfica e multimídia, gerenciamento, atendimento e suporte aos usuários das plataformas de comunicação utilizadas pela deputada federal”, e mencionam Facebook, Instagram, YouTube e Twitter – mas omitem que trata-se de recurso público.

Informação Conexão Politica.