Lula quer entrevista ao vivo na Globo e pede entrevistadores “ferozes”


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva desafiou a Rede Globo e a Bandeirantes a fazerem uma entrevista com ele. O petista ainda impôs condições: tem que ser ao vivo. O motivo? Ele não confia nas edições da Globo e da Band.

– A Globo não poderia pedir uma entrevista comigo aqui ao vivo? Com a Globo eu não confio de gravar, tem que ser ao vivo. A Bandeirantes não podia pedir uma entrevista aqui ao vivo? Eu estou disposto a falar com eles – disse o ex-presidente.

Confiante em sua performance, Lula ainda pediu entrevistadores “ferozes”.

– Marca um programa e vem aqui, manda a pessoa mais feroz deles, a pessoa mais antilulista que eles tiverem para me entrevistar aqui ao vivo que eu, com o maior prazer e com essa cara de paz de ‘Lulinha amor’, falarei com ela, não tem problema, eu tenho desafiado eles – afirmou.

Lula também reforçou a promessa de que, quando livre, fará uma manifestação em frente à Rede Globo, que, segundo ele, é uma das culpadas por sua prisão.

– Eu sei que as pessoas do outro lado não querem que eu seja livre. Tenho dito para algumas pessoas que o desejo que eu tenho é ir fazer um ato público na porta da Globo, só por prazer, para colocar todas as mentiras que ela contou sobre o meu caso nesses últimos anos. Passar o dia inteiro lá falando, sabe? Fazer uma cronologia mostrando as mentiras contadas ao meu respeito – planejou.

O ex-presidente ainda tocou em uma das feridas da Globo, o seu apoio ao regime militar no Brasil, e fez uma comparação com a própria situação.

– A Globo levou 50 anos para reconhecer que ela apoiou o golpe militar. Quantos anos ela vai levar para poder dizer ‘nós transmitimos coisas que não eram verdade’. Então o que eu posso fazer? Sou vítima de uma grande mentira, uma mentira que foi confirmada várias vezes para poder evitar que o Lula fosse eleito presidente aqui dentro da PF – apontou.