Previdência: governo cria gabinete de inteligência no Congresso para mobilizar apoio


Técnicos da equipe econômica ficarão no Congresso Governo quer tirar dúvidas dos deputados A deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) articulou com o Ministério da Economia a criação de 1 “gabinete de inteligência” no CongressoSérgio Lima/Poder360 – 27.fev.2019 A líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), e o secretário especial da Previdência, Rogério Marinho, decidiram criar 1 “gabinete de inteligência” no Congresso para mobilizar deputados a favor da reforma da Previdência. Ao menos 3 técnicos do Ministério da Economia devem dar plantão no gabinete da liderança do governo no Congresso para prestar esclarecimentos para deputados e oferecer material para que os deputados usem em suas bases eleitorais para justificar seu voto a favor do projeto, como quer o governo. “[Os técnicos] vão dar argumentos para que eles [deputados] usem nos seus Estados, porque é muito diferente a questão regional de cada um deles”, disse Joice. Atualmente, técnicos da equipe econômica já auxiliam os deputados. Rogério Marinho já teve reuniões com bancadas de diferentes partidos no Congresso. “Os técnicos já atendem, mas sob demanda e eu não quero isso, quero que seja a qualquer momento, na hora que eles chegarem aqui”, disse Joice. Sobre a articulação da reforma, a líder do governo afirmou que o momento atual é “de ajuste fino”.  “Está tudo caminhando com mais tranquilidade do que num passado recente”, disse.  A respeito de alterações no projeto na comissão especial, a deputada afirmou que “BPC e rural é meio favas contadas”. Líderes partidários pressionam para a retirada dos 2 pontos e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já afirmou que eles não devem ser mantidos no texto. Durante a análise da reforma na CCJ (Comissão de Constituição de Justiça) da Câmara, 1ª parada de análise do texto na Casa, os deputados já alteraram 4 pontos do projeto. O governo precisou ceder e permitir as alterações para que o projeto fosse votado no colegiado