Sergio Moro vai à Câmara falar sobre ataque hacker


Em 19 de junho, Moro depôs por mais de nove horas na CCJ do Senado sobre os vazamentos.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, deve participar, nesta terça-feira (2), de sessão na Câmara dos Deputados para prestar esclarecimentos sobre o ataque cibernético que também atingiu diversas autoridades brasileiras.

A presença do ministro acontece em meio às reportagens divulgadas pelo site Intercept contendo supostas mensagens privadas envolvendo o ex-juiz e integrantes da Operação Lava Jato.

Neste domingo, 30 de junho, milhares de manifestantes saíram às ruas em todos os estados do Brasil para demonstrar apoio à Moro e à Lava Jato. O ministro celebrou o apoio popular em mensagens nas redes sociais.

Ao contrário do que ocorreu Senado, onde Moro esteve há duas semanas, os deputados da oposição pretendem subir o tom nas críticas e provocar um “grande enfrentamento” com o ministro, informa o site UOL.

O depoimento será acompanhado por integrantes da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público, e da Comissão de Direitos Humanos e Minorias.

Os três colegiados aprovaram pedidos de convite e, em acordo, decidiram por fazer uma única audiência conjunta.